RELAÇÃO ENTRE DISTRIBUIÇÕES NÃO UNIFORMES DE SUJIDADE E PARÂMETROS DE DESEMPENHO DE MÓDULOS FOTOVOLTAICOS DE TECNOLOGIAS SILÍCIO CRISTALINO E TELURETO DE CÁDMIO

Daniel Sena Braga, Antonia Sonia Alves Cardoso Diniz, Vinicius Augusto Camatta Santana, Isabelle Cristina Pereira da Silva, Cláudio Dias Campos, Lawrence Lee Kazmerski

Resumo


A sujidade dos módulos fotovoltaicos é uma preocupação crescente devido a diminuição da produção de energia elétrica em uma instalação solar fotovoltaica. Este problema tem sido observado nas áreas que possuem grande disponibilidade de radiação solar, que ironicamente apresentam na maioria dos casos problemas com acumulação de poeira. Este artigo examina as relações entre as diferentes distribuições não uniformes de sujidade e o desempenho dos módulos fotovoltaicos de tecnologias silício policristalino e telureto de cádmio. Essas acumulações não uniformes não só causam a diminuição da energia produzida, mas resultam em sombreamento que pode causar aumento do aquecimento da área, formando pontos quentes (“hot spots”), que aceleram a degradação do módulo. Este artigo avalia os efeitos de diferentes padrões de sujidade não uniformes nas grandezas características da curva I-V, documentando mudanças na forma dessas características. Esses estudos são realizados em módulos de tecnologia Si cristalino e em módulos de filme fino sem moldura de CdTe. As distribuições não uniformes também estão relacionadas às distribuições de temperatura, que foram avaliadas com o auxílio de mapeamento de temperatura através de câmeras IR. Pontos quentes com aumento de temperatura de mais de 30°C em relação ao restante do módulo são apresentados operando sob condições normais de radiação solar.

Palavras-chave


Sujidade, Não-uniforme, Impacto

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia