ANÁLISE DA VIABILIDADE TÉCNICA NA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICO EM EDIFÍCIO HISTÓRICO NA CIDADE DE SANTA MARIA

Cândida Ianzer Viedo Alvorcem, Ísis Portolan dos Santos

Resumo


O objetivo geral deste trabalho é analisar a adequação de sistemas fotovoltaicos em edificações históricas consideradas como patrimônio arquitetônico. A avaliação partiu de um estudo de caso na Escola Manoel Ribas, estabelecida na cidade de Santa Maria-RS, edificação tombada a nível estadual, pelo IPHAE RS. Tendo em vista que as edificações históricas representam a cultura de uma época, além da questão histórica, pretende-se contribuir para a sustentabilidade aliados às atuais necessidades de diminuição de impacto ambiental destas construções. Neste contexto surgem considerações sobre a utilização de módulos fotovoltaicos contribuindo para a geração de energia da edificação e tornando os edifícios mais sustentáveis. Para desenvolvimento do presente trabalho, foi realizada uma revisão bibliográfica considerando os aspectos técnicos da tecnologia fotovoltaica e as teorias do restauro para o patrimônio arquitetônico e a relação entre ambas; levantamento de dados sobre o estudo de caso (histórico da edificação, configuração arquitetônica e demanda de energia elétrica); análise da tecnologia FV e suas possibilidades de integração arquitetônica conforme os teóricos do restauro; e por fim a proposição e análise da integração fotovoltaica na edificação em estudo (análise do potencial e formas de integração do sistema fotovoltaico com a arquitetura e análise de demanda versus previsão de consumo). Foram analisados dois cenários: o cenário 1(um) mostra que seria possível a geração da totalidade da demanda de energia de edificação, em um sistema instalado com inclinação igual a latitude da cidade de Santa Maria e orientado para o Norte geográfico (Az=0). O cenário 2 (dois) mostrou que, o posicionamento de módulos na cobertura da edificação, considerando sua inclinação e orientação real, não supre na totalidade a demanda anual do edifício, mas supre 75% do consumo. O que já seria uma contribuição significativa para diminuição do gasto financeiro com energia elétrica, além da contribuição à sustentabilidade da edificação.

Palavras-chave


Energia Solar fotovoltaica, edifícios históricos e geração de energia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia