ANÁLISE DO EFEITO ESTEIRA SOBRE A PRODUÇÃO DE ENERGIA EM PARQUES EÓLICOS

Andressa Azevedo Jamar, Gabriel Ivan Medina Tapia

Resumo


Este trabalho apresenta o desenvolvimento de um algoritmo com o intuito de estudar a influência do
efeito esteira na produção energética de um parque eólico. O algoritmo calcula a velocidade do vento após
incidir nas hélices de um aerogerador para em seguida determinar a curva de potência. A variação da
velocidade do vento, no período de um ano, foi representada pela distribuição de frequência de Weibull, uma
função de densidade probabilística de dois parâmetros denominados fatores de forma e escala. A partir da
multiplicação dessa função pela curva de potência estima-se a produção anual de energia para cada
aerogerador. Os resultados são comparados para vários intervalos de distância entre torres eólicas,
considerando uma região disponível com 2400 m de comprimento, sendo possível encontrar um espaçamento
equivalente a 600 m em que ocorre um maior rendimento energético. O distanciamento entre os aerogeradores
influencia na capacidade de produção de uma usina, por isso, é indispensável avaliar o tamanho da região
disponível para a construção de um parque eólico, o número de aerogeradores e a velocidade do vento
incidente.

Palavras-chave


Efeito esteira, Produção de energia, Energia eólica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia