ANALISE SAZONAL DA TRANSMISSIVIDADE ATMOSFÉRICA DA RADIAÇÃO SOLAR GLOBAL INFRAVERMELHA EM BOTUCATU/SP/BRASIL

Luciano Ronaldo Rossi, Maurício Bruno Prado da Silva, Eduardo Nardini Gomes, Taiza Juliana Rossi, Esteban Choque Conde, joão francisco escobedo, cicero manoel santos

Resumo


O trabalho apresenta uma análise estatística (média total e sazonal) e climática, das irradiações global (HG) e global infravermelha (HGNIR) e das frações global total (Kt) e global infravermelha (KtNIR) diárias transmitidas na atmosfera de 2001 a 2006 em Botucatu/SP/Brasil. O estudo apresenta ainda a obtenção e a validação da equação de estimativa para KtNIR em função de Kt. Os valores das frações calculadas Kt =(HG/Ho) e KtNIR = (HGNIR/HoNIR) apresentaram os valores médios: Kt= 54,0%, KtNIR = 46,0%, respectivamente. A equação obtida por regressão linear com elevado coeficiente de determinação (R2= 0,985) foi: Kt NIR = 0,844 Kt. O valor da razão KtNIR/Kt = 84,4% é menor no verão (81,4%) e primavera (82,6%) e é maior no outono (85,5%) e inverno (86,6%). Os valores de rMBE = 2,8%, rRMSE = 3,8%, d = 0,98 mostram que a equação pode ser utilizada com precisão e exatidão nas estimativas de KtNIR.

Palavras-chave


radiação solar, espectral radiação e radiação infravermelha próxima.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia