ESTUDO DO POTENCIAL ENERGÉTICO SOLAR EM HUMAITÁ-AM, BASEADO EM DADOS DE RADIAÇÃO DA ESTAÇÃO AUTOMÁTICA DO INMET

Pericles Vale Alves, Luiz Henrique Souza do Reis, DOUGLAS ALMEIDA GOIS

Resumo


O grande desafio vivido por cidadãos comuns, autoridades, governos e demais segmentos da sociedade é universalizar os benefícios provenientes da energia elétrica, sobretudo, apresentar e motivar o uso correto da mesma por meio de fontes de energias renováveis. O Brasil apresenta um excelente potencial energético solar, porém ainda pouco utilizado. Este trabalho, tem por objetivo analisar a variabilidade da insolação na cidade de Humaitá no Sul do Amazonas, num período de oito anos consecutivos. Como metodologia, optou-se por consultar o banco de dados de uma estação meteorológica automática do Instituto de Meteorologia, instalada na cidade de Humaitá-AM e, em seguida, analisar as flutuações dos valores do fluxo de radiação solar. Com os dados diários de insolação obteve-se a média diária e, por conseguinte, a média mensal. Em seguida, determinou-se a média anual e, finalmente, as flutuações em torno das médias mensais vistas ano a ano e as flutuações em torno da média anual, esta por sua vez, apresentando um variação de 0,3824KWh/m^2 . Portanto, os valores consultados e analisados respondem perfeitamente bem aos valores limites de irradiação solar global incidente em qualquer região do território brasileiro que varia de 4.200 a 6.700 kWh/m^2/ano, uma vez que a média anual encontrada é dada por 4,2783KWh/m^2.

Palavras-chave


Radiação Solar Global, Energia Fotovoltaica, Sul do Amazonas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia