MAPEAMENTO DO POTENCIAL DE GERAÇÃO SOLAR FOTOVOLTAICA NO BRASIL - UMA ABORDAGEM PRELIMINAR

André Moura Gomes da Costa, BRUNO MARCIANO LOPES, Wadaed Uturbey

Resumo


Questões ambientais, de segurança energética e, até mesmo, econômicas tornam premente o uso massivo de fontes renováveis de energia. Dentre estas, destaca-se a energia solar, que foi recentemente objeto da 2ª edição do Atlas Brasileiro de Energia Solar, lançado pelo INPE e parceiros. Aproveitando dados de radiação daquele documento, este trabalho se dedica ao mapeamento da capacidade de geração de energia por sistemas fotovoltaicos. Buscou-se dados confiáveis das demais variáveis ambientais impactantes no processo de conversão energética. Os parâmetros mensais foram convertidos em variáveis horárias por meio de modelos consagrados. Por fim, os dados horários sintéticos alimentaram um software, desenvolvido pelos autores. Como resultado, são apresentados os mapas de potencial de geração anual e mensal para todo o território nacional, considerando tecnologias e formas de instalação típicas. Ainda, é apresentado um mapeamento da taxa de desempenho média dos sistemas. A análise decorrente demonstra que é inadequado considerar que sistemas em localidades distintas tenham desempenho similar entre si, ou que um mesmo sistema mantenha nível de eficiência uniforme ao longo do ano. Além do mapeamento, a própria metodologia é uma contribuição desse artigo. O fato de a abordagem ser considerada preliminar decorre, principalmente, da baixa resolução temporal e/ou espacial dos dados de algumas variáveis ambientais e do reconhecimento de que alguns modelos adotados podem ser ajustados.

Palavras-chave


Mapa solarimétrico, Mapa fotovoltaico, Modelagem da geração fotovoltaica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia