TRATAMENTO E ANÁLISE DE DADOS SOLARIMÉTRICOS DA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA DA EMC/UFG

Jéssica Alice Alves da Silva, Bernardo Pinheiro de Alvarenga, Sérgio Pires Pimentel, Enes Gonçalves Marra

Resumo


A expansão da energia solar fotovoltaica é uma alternativa cada dia mais viável para a matriz energética brasileira. No entanto, para que o investimento apresente maior produtividade e viabilidade financeira, é necessário um adequado dimensionamento do sistema que se torna mais preciso a partir de um estudo confiável do recurso solar, sua fonte primária de energia, com valores históricos pelo maior período possível. Neste estudo são apresentados os resultados obtidos a partir da medição e análise de dados meteorológicos medidos na estação meteorológica instalada na Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação – EMC, da Universidade Federal de Goiás- UFG, no estado de Goiás, campus Colemar Natal e Silva, durante dois anos, agosto de 2015 a julho de 2016 e agosto de 2016 a julho de 2017. A partir das irradiâncias solares medidas, calculou-se a média de irradiância instantânea por minuto de cada mês e produziram-se curvas de dias médios mensais, bem como do dia médio anual. Calcularam-se as irradiações solares diárias do mês, a partir das quais foram produzidos histogramas com apresentação do valor diário de irradiação (kWh/m²) e média mensal dos meses do período, bem como o mês diário anual e, por fim, a média global diária de irradiação do ano. Este estudo apresenta também os comportamentos da temperatura do ar, velocidade do vento, índice de precipitação pluviométrica e umidade relativa do ar, com médias mensais anuais e dias médios mensais anuais, a fim de estabelecer possíveis correlações entre estes diversos fatores climáticos no desempenho de um sistema fotovoltaico.

Palavras-chave


Irradiação solar, Irradiância solar, Energia fotovoltaica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia