ANÁLISE DO IMPACTO DA GERAÇÃO DISTRIBUIDA FOTOVOLTAICA NA REDE ELÉTRICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Felipe Cirolini Lucchese, Criciéle Martins, Felipe José Anselmini, Mauricio Sperandio

Resumo


Os custos cada vez mais elevados na utilização da energia de origem fóssil combinado a com a questão ambiental culminou na busca por novas fontes de energia. A resposta encontrada para expandir a geração de energia e diversificar a matriz energética foi a utilização de energia provinda de fontes renováveis, como energia solar e eólica, encontradas em abundância em diferentes localidades. Sendo a energia solar fotovoltaica uma promissora fonte de energia, pois diferentes de grandes plantas centralizadas, a geração distribuída (GD) fotovoltaica não compete pelo uso do solo, sendo incorporada a edificações já existentes e próxima a carga. A geração solar também apresenta desafios, pois causa um grande impacto em todo o sistema de transmissão e distribuição de energia, uma vez que altera toda a concepção do sistema atual. A inserção desta fonte em uma rede elétrica pode gerar vantagens e desvantagens no que diz respeito a qualidade da energia entre o cliente e a distribuidora. Sendo assim, este estudo busca fazer a análise dos parâmetros elétricos do sistema elétrico da Universidade Federal de Santa Maria frente a inserção de geração distribuída fotovoltaica, visando: fluxo de potência, níveis de tensão e perdas. Para isso é utilizado o programa Distribuition System Simulator (OpenDSS), onde serão feitas as simulações, utilizando-se dos dados adquiridos na própria instituição.

Palavras-chave


Fontes Renováveis, Geração Distribuída Fotovoltaica, Parâmetros Elétricos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia