AVALIAÇÃO EXPERIMENTAL DE DIFERENTES MODELOS APLICADOS NA PREVISÃO DE DESEMPENHO DE GERADORES FOTOVOLTAICOS

Fabrício Menezes Mares, MARINALDO SANTOS RODRIGUES, João Tavares Pinho, Wilson Negrão Macêdo

Resumo


Existe uma série de explicações para a crescente utilização da energia solar fotovoltaica, sendo uma delas a progressiva redução dos preços de aquisição e instalação dos sistemas ao longo dos anos, tornando-se assim viável a sua utilização, mesmo para consumidores residenciais. Nesse contexto, esse tipo de aproveitamento de energia vem tornando-se cada vez mais comum, o que leva à necessidade de otimização dos sistemas, a fim de garantir uma conversão eficiente da energia solar captada. Logo, este trabalho aplica três modelos matemáticos existentes na literatura para prever o desempenho de geradores fotovoltaicos, visando realizar uma análise comparativa dos modelos, identificando suas vantagens, desvantagens e limitações. Os modelos selecionados estimam a máxima potência (Pmp) de módulos de dois sistemas instalados na área de testes do Grupo de Estudos e Desenvolvimento de Alternativas Energéticas (GEDAE) na Universidade Federal do Pará. A avaliação dos modelos foi realizada através de duas linhas de análises: a chamada tradicional e a comparativa. A metodologia tradicional permitiu identificar o modelo mais consistente em relação ao seu próprio conjunto de estimativas obtidas, ao passo que o método de avaliação comparativa indicou que para diferentes intervalos de irradiância há um modelo mais indicado, quando comparado com os valores mensurados dos sistemas monitorados.

Palavras-chave


Avaliação Comparativa, Modelos, Energia Solar Fotovoltaica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia