IMPACTO DA INSTALAÇÃO MASSIVA DE SISTEMAS FV DISTRÍBUIDOS NO NÍVEL DE TENSÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO ELÉTRICA DE BAIXA TENSÃO

Autores

  • Gustavo Fernandes Negreiros UFPE
  • Chigueru Tiba UFPE
  • Igor Cavalcanti Torres UFPE

Palavras-chave:

Sistema Fotovoltaico, Alta penetração de sistemas FV, Rede de Distribuição de Energia Elétrica de baixa tensão, Impacto na Tensão.

Resumo

Resumo: Este trabalho visou caracterizar os impactos causados pela alta penetração de sistemas FV distribuídos e ou concentrados a rede elétrica de distribuição de baixa tensão. Foi utilizado um alimentador real de BT, com padrões normativos, manobras e ajustes técnicos comumente realizados pela concessionária nas características elétricas para operar todo o sistema. O mesmo foi parametrizado no software OpenDSS, considerando as variações temporais para a demanda de carga e geração FV, possibilitando realizar as simulações e obter os resultados mais realistas possíveis. O alimentador foi submetido a uma curva de demanda com carregamento convencional e uma com baixo carregamento diurno, além da injeção de potência ativa oriundas dos sistemas FV conectados a rede de 70% e 100% da potência nominal do transformador. Diante disso, foi obtido que as maiores elevações de tensões ocorreram quando houve a conexão de sistemas FV trifásicos e monofásicos simultâneos aos barramentos alocados nos finais de linha. Esta situação ocorreu quando o alimentador foi submetido a uma curva de demanda com baixo carregamento diurno e injeção de 100% da potência nominal do transformador pelos GDFV a este circuito. Neste caso, ocorreu a violação dos limites normativos de tensão na Fase A e foi onde se verificou o maior número de geradores FV conectados. As elevações de tensão ocorreram no ponto de conexão dos sistemas FV e à rede elétrica, causando desequilíbrio entre fases, propagando-o para os barramentos e linhas adjacentes. Também ocorreu violação dos limites normativos de tensão para os casos analisados, quando houve conexão massiva de sistemas FV monofásicos individualmente, diferente dos casos onde houve a conexão massiva de sistemas FV monofásicos e trifásicos simultâneos, ocorreram às violações com menor intensidade e em horários específicos ao longo do dia.

Downloads

Publicado

— Atualizado em 2021-01-28

Versões

Edição

Seção

Mercado, economia, política e aspectos sociais - Impactos sociais, econômicos e ambientais de energias renováveis