IMPACTOS DE UMA UFV NO SEMIÁRIDO POTIGUAR: ESTUDO DE CASO DA UFERSA – CAMPUS ANGICOS

Autores

  • Augusto Morais Brito UFERSA
  • Jalmir de Medeiros Pereira UFERSA
  • Geovanna Paulina Dantas Maia UFERSA
  • Leonardo Magalhães Xavier Silva UFERSA
  • Rafael da Costa Ferreira UFERSA
  • Aldaiza Rayssa Santos UFERSA

Palavras-chave:

Energia solar, Microgeração, Fonte renovável.

Resumo

A energia solar tem sido cada vez mais utilizada como uma solução para questões econômicas e climáticas. As instituições públicas de ensino superior brasileiras foram incentivadas a implantar sistemas fotovoltaicos por meio do Projeto Prioritário de Energia e Pesquisa e Desenvolvimento Estratégico nº 001/2016. Entre essas instituições está a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), localizada no estado do Rio Grande do Norte. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar os impactos da geração de energia elétrica da Usina Fotovoltaica (UFV) implantada na UFERSA - Campus Angicos. Para atingir esse objetivo, foram coletados os dados gerados durante o primeiro ano de operação da UFV. Foram avaliadas a energia gerada, a contribuição para o consumo mensal de energia e o impacto econômico da UFV desde a sua instalação. Por fim, o período de retorno do orçamento para o investimento da UFV foi avaliado. Os resultados obtidos mostraram uma economia significativa equivalente a R $ 36.387,51 para o período analisado e o retorno previsto do orçamento foi de cerca de 7 anos após os investimentos iniciais, considerando eventuais despesas.

Downloads

Edição

Seção

Mercado, economia, política e aspectos sociais - Impactos sociais, econômicos e ambientais de energias renováveis