MAXIMIZAÇÃO DO BENEFÍCIO ECONÔMICO DA INSTALAÇÃO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS ATRAVÉS DA OTIMIZAÇÃO DA ORIENTAÇÃO DE SEUS GERADORES E DA CONTRATAÇÃO DE DEMANDA DE POTÊNCIA ATIVA

Autores

  • André Mendes Martins IFG
  • Carlos Augusto Guimarães Medeiros PUC Goiás
  • José Luis Domingos IFG

Palavras-chave:

Otimização, Ângulo de Incidência, Demanda Contratada

Resumo

Este trabalho tem por objetivo realizar estudo para aumentar os benefícios econômicos da instalação de sistema fotovoltaico conectado à rede, em consumidores do Grupo A de tarifação, através da otimização da orientação de seus geradores e da contratação de demanda de potência ativa. O estudo é realizado de forma qualitativa por meio de estudo de caso no Instituto Federal de Goiás, e leva em consideração os efeitos da estrutura tarifária brasileira, as condições climáticas locais e o perfil da curva de carga da unidade consumidora em questão. Os resultados mostram que, a modalidade tarifária verde é a mais benéfica financeiramente e utilizando-se os parâmetros otimizados, é possível reduzir os custos com energia elétrica no período analisado em quase 3%, sem grandes investimentos. Conclui-se que para se obter o maior benefício econômico da instalação de um SFCR não se pode focar apenas na maximização da produção de energia, mas atentar-se, ainda, a outros fatores tais como, a estrutura tarifária, as condições climáticas locais e a curva de carga do consumidor.

Downloads

Edição

Seção

Mercado, economia, política e aspectos sociais - Impactos sociais, econômicos e ambientais de energias renováveis