REPROCESSAMENTO DE CÉLULAS SOLARES COM A FINALIDADE DE OBTER SILÍCIO MULTICRISTALINO POR VIA QUÍMICA

Autores

  • Isabella Rodrigues Santos IFCE
  • Cristina Amorim Silva IFCE
  • Rita Mickaela Barros de Andrade IFCE
  • Rinaldo dos Santos Araújo

Palavras-chave:

Energia Solar , Reprocessamento , Silício

Resumo

A energia solar destaca-se por ser uma das fontes mais representativas das energias renováveis , sendo aplicada em todos os continentes do globo e com grande perspectivas de ampliação em seu uso. Entretanto as placas solares apresentam uma vida útil de aproximadamente 25 anos , e após esse período é necessário trocar a celular solar por uma nova , pois alguns componentes se deterioram ao longo do tempo , podendo gerar um resíduo indesejado e perigoso ao meio ambiente, além do desperdícios de componentes de alto valor agregados que podem ser descartados sem que ocorra um tratamento adequado . Por esse motivo este trabalho irá apresentar um método para a reprocessamento/reciclagem das células solar , colocando em foco a recuperação de silício multicristalino obtidos através de ataques químicos que tem como finalidade uma alternativa para um destino mais adequado e lucrativo para esses resíduo . A comprovação dos resultados vem a partir de imagens de escâner que comprovam a eficácia dos ataques pela superfície do substrato de silício .

Downloads

Edição

Seção

Mercado, economia, política e aspectos sociais - Impactos sociais, econômicos e ambientais de energias renováveis