INFLUÊNCIA DA OCORRÊNCIA DE ECLIPSE SOLAR PARCIAL NA GERAÇÃO DISTRIBUÍDA SOLAR FOTOVOLTAICA: ANÁLISE DO ECLIPSE DE 21 DE AGOSTO DE 2017, ESTADOS UNIDOS

  • Juliane Silva de Almeida Fotovoltaica UFSC
  • Ricardo Rüther UFSC
Palavras-chave: Eclipse, Geração Distribuída Solar Fotovoltaica, Operação Energética

Resumo

A disseminação da geração solar fotovoltaica tem ocorrido de forma cada vez mais expressiva. Durante os últimos anos, tal expansão foi significativa nos Estados Unidos, especialmente, no sistema integrado do estado da Califórnia. O sistema da Califórnia está entre os que apresenta maior penetração da geração solar fotovoltaica no mundo. Diante deste cenário, o operador independente da Califórnia (CAISO) anunciou medidas operativas especiais para o planejamento da operação energética para o dia 21 de agosto de 2017, dia em que o sistema de energia elétrica se deparou com a ocorrência de um eclipse solar parcial nos Estados Unidos. O presente artigo consiste em avaliar os dados de monitoramento de tempo real, disponibilizados por meio do aplicativo do CAISO durante a ocorrência do eclipse, a fim de avaliar o desempenho da geração solar fotovoltaica para atendimento da demanda de energia elétrica do sistema e da influência da redução de participação desta matriz energética no custo marginal de operação e preço no mercado diário. As análises de dados foram realizadas por meio de análise comparativa das imagens gráficas obtidas em tempo real, com dados de tempo real de um dia típico, coletado posteriormente, e dados do relatório oficial do CAISO, pós-eclipse. O presente artigo conclui que o aplicativo disponibilizado pelo CAISO se apresenta como um recurso interessante para proprietários de geração distribuída solar fotovoltaica para fins de avaliação de desempenho e monitoramento de seus sistemas, além de apresentar lições para planejamento da operação energética diante do eclipse de 2020, que ocorrerá no Brasil.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Controle e monitoramento de sistemas fotovoltaicos