DEPOSIÇÃO DE FILMES FINOS FOTOVOLTAICOS DE CDTE SOBRE SUBSTRATOS FLEXÍVEIS DE POLIIMIDA PELA TÉCNICA CSS

  • Renan de Melo Correia Lima PUC - Rio
  • Rodrigo Amaral Medeiro IME
  • Wagner Anacleto Pinheiro IME
  • Carlos Luiz Ferreira IME
  • Leila Rosa de Oliveira Cruz IME
Palavras-chave: Dispositivos Fotovoltaicos Flexíveis, Poliimida, CdTe

Resumo

Este trabalho tem por objetivo caracterizar filmes de CdTe crescidos em substratos poliméricos de poliimida pela técnica de sublimação em espaço reduzido (CSS). Como esta técnica envolve temperaturas de substrato entre 500 e 630 ºC, as quais não são suportadas pelo polímero, a proposta do trabalho é adaptar o processamento de filmes de CdTe para que os mesmos sejam crescidos pela técnica CSS em temperaturas de substrato mais baixas, porém com alta cristalinidade, visando a fabricação de células de CdS/CdTe em substratos flexíveis. As propriedades de cinco substratos de poliimida fornecidos pela DuPont™ foram investigadas a partir de análises termogravimétricas, medidas de transmitância e testes de resistência à temperatura. Os resultados mostraram que a poliimida Kapton®PV9101 era a mais indicada para a deposição dos filmes de CdTe, pois suportou temperaturas de até 460 ºC. Os filmes de CdTe foram depositados sobre o Kapton®PV9101 em várias temperaturas. Todos apresentaram elevada cristalinidade com forte orientação preferencial na direção [111]. No entanto, os filmes com maior tamanho de grão, em torno de 1 m, foram aqueles depositados a 460 ºC. Temperaturas inferiores eram mais adequadas para o substrato, mas limitaram o tamanho de grão, o que comprometeria, via recombinação, o processo de transporte de cargas na célula solar.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Materiais e Tecnologias de células para Conversão Fotovoltaica