AVALIAÇÃO DE UM SISTEMA DE ENERGIA SOLAR TÉRMICA PARA A SUBSTITUIÇÃO DE CHUVEIRO ELÉTRICO NUMA RESIDENCIA NO MUNICÍPIO DE ITAJUBÁ, MINAS GERAIS, BRASIL

  • Zudivan Peterli UNIFEI
  • Lays Camila de Sousa UNIFEI - MG
  • Caroeny Raiany Almeida UNIFEI
  • Arnaldo Martín Martinez Reyes UNIFEI
Palavras-chave: Aquecimento Solar, Energia térmica, Água Quente

Resumo

A demanda por energia tem se tornado cada vez maior, assim, as pesquisas e buscas por fontes de energias renováveis são primordiais para garantir a sustentabilidade do setor energético. Entre tantas opções, a energia solar tem se destacado como uma fonte de energia com grande disponibilidade. A energia solar térmica vem sobressaindo como um sistema de aquecimento de água sanitário em residências, empregado principalmente para a substituição do chuveiro elétrico, gerando vantagens econômicas e ambientais. Diante do exposto, o objetivo do presente artigo foi dimensionar um sistema de energia solar térmica, baseado na NBR 15569, para o aquecimento de água sanitária numa residência com 5 habitantes no município de Itajubá, Minas Gerais, além de analisar a sua viabilidade econômica em comparação ao uso do chuveiro elétrico. Os resultados indicaram que será necessário um sistema com 4m² de área útil dos coletores solares e reservatório de 495 litros de água quente para atender a residência ao longo do ano, exceto nos meses de fevereiro, março, junho, novembro e dezembro que será necessário o fornecimento complementar de energia elétrica para atingir o completo aquecimento da água de banho. A avaliação econômica resultou num VPL de R$ 16.890,99 e TIR de 42%, demonstrando que o projeto, nos moldes propostos, é viável economicamente e apresenta o retorno do investimento a partir do 3º ano.
Edição
Seção
Conversão Térmica com coletores planos - Sistemas Solares Térmicos: aquecimento de água, espaço e refrigeração