O ENSINO SOBRE ENERGIAS RENOVÁVEIS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA NAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS.

  • André Barra Neto UFG
  • Ana Paula Pinheiro Zago UFG
  • Marcia Helena da Silva UFG
  • Mirian Sousa Moreira UFG
  • Jose Eduardo Ferreira Lopes UFU
Palavras-chave: Educação Superior, Ensino, Capacitação, Energias Renováveis.

Resumo

Com o aumento da inserção das fontes renováveis de geração de energia no Brasil, principalmente após a resolução 482/12, houve um intenso crescimento de empresas neste segmento o que demanda profissionais capacitados, principalmente de Engenheiros Eletricistas. Desta forma, foi avaliado o ensino sobre Energias Renováveis, nos cursos de Engenharia Elétrica, em 278 das principais Universidades brasileiras classificadas no Ranking da Folha. Como resultado, constatou-se que 43,88% dos cursos não ofertam disciplinas na área e que o percentual da carga horária total média do curso de Engenharia Elétrica destinado ao ensino de Energias Renováveis é de apenas 1,10% (2,02% quando consideradas apenas as instituições que ofertam disciplinas nesta área). Sendo assim, nota-se uma fragilidade na formação dos profissionais na área.
Edição
Seção
Mercado, Economia, Política, aspectos sociais - Educação e capacitação em Energias Renováveis.