A INFLUÊNCIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS EM MÉTRICAS ECONÔMICAS DE UM SISTEMA DE CALHAS PARABÓLICAS

  • Renan de Souza Carvalho USP
  • Pedro Silva Bezerra UNESP
  • Odivaldo José Seraphim UNESP
  • Celso Lins Oliveira GREEN-USP
Palavras-chave: Energia Heliotérmica, Políticas Públicas, Métricas Econômicas

Resumo

Mediante a necessidade de diversificação da matriz elétrica nacional, as buscas por novas tecnologias capazes de auxiliar a suprir a demanda nacional são imprescindíveis. Neste escopo, a chamada energia solar concentrada, ou heliotérmica, se mostra como uma possibilidade aprazível, devido a sua possibilidade de modulagem do despache através do armazenamento de calor, porém um dos principais empasses desta tecnologia se encontra no alto custo inicial de investimento. O Brasil possui um alto potencial para a inserção da tecnologia heliotérmica em seu território, porém ainda não existem usinas em funcionamento. Neste âmbito, o presente trabalho teve como objetivo aplicar políticas públicas de incentivo a geração verde, voltadas atualmente para sistemas fotovoltaicos na ferramenta de simulação SAM, utilizando-se como base meteorológica os valores de radiação solar da cidade de Pirassununga – SP, através de um cenário base de incentivos federais, estaduais e de financiamento proposto. Outros cenários alternativos, com incentivos ainda mais atraentes também foram conjecturados. O sistema foi configurado com tecnologia de calhas parabólicas, com capacidade instalada de geração 30MWel e 3 horas de armazenamento térmico. Os resultados demonstraram viabilidade econômica em todos os cenários, com uma maior influência de incentivos federais, seguida de incentivos estaduais e financiamento. De mesma maneira, os incentivos federais e estaduais geraram maiores valores de PPA e também LCoE, o que aumentou o VPL nos cenários analisados. No entanto, a ocorrência de leilões específicos se mostrou uma estratégia primordial na obtenção dos melhores custos da energia gerada e na estratégia de financiamento adotado.
Edição
Seção
Mercado, Economia, Política, aspectos sociais - Estratégias e Políticas para as Energias Renováveis