TEORIA DAS OPÇÕES REAIS (TOR) NA AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS EM PROJETOS DE ENERGIA RENOVÁVEIS

  • Tarcisio Souto Bacelar UFPE
  • Elielza Moura de Souza Barbosa UFPE
  • Charles Ulises De Montreuil Carmona UFPE
  • Olga de Castro Vilela UFPE
Palavras-chave: Investimentos em Energia Solar, Teoria das Opções Reais, Modelo Binomial.

Resumo

A Teoria das Opções Reais-TOR é uma abordagem moderna para o tema de investimento de capital. Vem somar às tradicionais metodologias por considerar o valor da incerteza e da flexibilidade gerencial na busca do resultado esperado do investimento. Métodos de fluxo de caixa descontado e análise de sensibilidade não são suficientes para captar o valor associado à flexibilidade, por tratar apenas de fluxos de caixa previstos, descontados a uma taxa constante, considerando ou não o risco durante a vida do projeto. A metodologia TOR mostra-se mais adequada para análises de projetos em temas ainda considerados de natureza ousada para investimentos. O trabalho aborda uma revisão, ao longo desta década (2010 até o presente) das aplicações da Teoria das Opções Reais no Brasil, quando aplicada a projetos na área da geração de energia de fontes renováveis, muito particularmente na geração solar fotovoltaica. Apresenta os tipos de estudos, as metodologias aplicadas e as conclusões obtidas nos principais trabalhos selecionados. Mais especificamente, a metodologia TOR será apresentada como proposta ferramental para análise de investimento, agregando valor à tomada de decisão do investidor, quando da implantação de usinas solar fotovoltaicas (USF). Os estudos analisados mostram a utilidade da metodologia TOR na estimação do valor econômico do projeto, identificando se o melhor momento para o investimento é agora, ou esperar por melhores condições. A viabilidade da aplicação dessa ferramenta, na geração de eletricidade solar, está sendo analisada dentro de projetos de grande porte (~30MW) em execução no Nordeste do Brasil, cujos resultados serão oportunamente divulgados.
Edição
Seção
Mercado, Economia, Política, aspectos sociais - Impactos Sociais, Econômicos e Ambientais de Energias Renováveis