COMPARAÇÃO ENTRE ENSAIOS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM GRUPO GERADOR ABASTECIDO COM MISTURAS DIESEL-BIODIESEL E DIESEL-BIODIESEL-ETANOL

  • Litiele dos Santos PUCRS
  • Bruno de Souza Fernandes PUCRS
  • Anderson Antunes de Paulo PUCRS
  • Carlos Alexandre dos Santos PUCRS
Palavras-chave: Diesel, Biodiesel, Etanol, Emissões, Gerador

Resumo

O objetivo do trabalho é analisar o desempenho de um grupo gerador abastecido com misturas diesel-biodiesel e diesel-biodiesel-etanol. Para cada mistura foram analisados desempenho energético, consumo de combustível e emissões de gases de exaustão, simulando demanda energética variável em banco de cargas resistivas. Para os testes foram utilizadas as seguintes misturas de combustíveis: B7 (diesel com 7% biodiesel por volume total), B7E5 (diesel com 7% biodiesel + 5% etanol), B20 (B7 + 13% biodiesel), B20E5 (B7 + 13% biodiesel + 5% etanol), B100 (100% biodiesel) e B100E5(100% biodiesel + 5% etanol). O biodiesel utilizado nos ensaios foi produzido por reação química de transesterificação metílica utilizando óleo de soja como matéria prima. Para cada mistura de combustível foram aplicadas cargas de 1,5 kW, 3,0 kW e 4,5 kW, simulando demandas de 25%, 50% e 75%. O grupo gerador utilizado é composto por um motor de combustão interna tipo diesel, e um gerador de energia de 6,5kVA de potência nominal, de uso comercial. Verificou-se que para a potência, o melhor desempenho foi para o B20. Já para a eficiência térmica, houve um aumento entre B7 e B20, com o maior valor para o B20 e o menor para o B20E5. Quando considerado o consumo específico de combustível, o maior consumo deu-se no B20E5 e o menor para o B20. Além disso, os gases de exaustão CO2, NOx e NO aumentaram com o aumento do teor de biodiesel, enquanto CO e NO2 diminuíram. Com o acréscimo de etanol ao biodiesel (B100E5), os gases que apresentaram as reduções mais significativas foram: NOx, NO2 e NO, além de uma redução de potência gerada de 14%, mostrando-se assim uma excelente alternativa para geração de energia elétrica.
Edição
Seção
Outras fontes renováveis de energia - Outras renováveis, marés, ondas