ANÁLISE DE DESEMPENHO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS CONECTADOS À REDE NO ESTADO DO TOCANTINS SOB DIFERENTES ORIENTAÇÕES

  • Fabriciano da Silva Neto Gomes LIES/ UFT
  • Alex Dias Cruz UFT
  • Dimatheu Soares Limeira UFT
  • Ian de Oliveira Gomes UFT
  • Martha Cruz UFT
Palavras-chave: Sistema Fotovoltaico Conectado a Rede, Energia Produzida, Geração Distribuída, Análise de Desempenho.

Resumo

No presente trabalho foi realizado o estudo e comparação do desempenho de quatro sistemas fotovoltaicos instalados a partir do ano de 2015 no Estado do Tocantins, com diferentes inclinações e direções de instalação. Tais SFCRs foram nomeados de sistemas 1,2,3 e 4, dos quais possuem potências instaladas de 3,12; 4,95; 7,15; 5,1 kWp, respectivamente. As inclinações e orientações seguindo a ordem dos sistemas: 15º e orientação azimutal para Oeste, 15º e orientação azimutal para o Norte, 20º e orientação azimutal para o Norte e o sistema 4 na Horinzontal (0º). Para a análise são considerados os dados de operação dos sistemas, obtidos nos seus inversores, no período de um ano. Assim os SFRCs 1, 2, 3 e 4 produziram no intervalo adotado um total de 4586,023 kWh; 7428,514 kWh; 4699,925 kWh; 7339,10 kWh e apresentaram fator de capacidade (FC) 18,1%; 17,1%; 15,2%; 16,4% e produtividade anual (YF) 1469,9 kWh/kWp; 1500,7 kWh/kWp; 1315,4 kWh/kWp, 1439,0 kWh/kWp, respectivamente.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Aspectos técnicos de sistemas fotovoltaicos instalados