CARACTERIZAÇÃO DAS COMPONENTES DE RADIAÇÃO DE ONDA CURTA EM SALVADOR

Autores

  • Bruno Severino Mascarenhas UFBA
  • Edson Pereira Marques Filho UFBA
  • Iuri Muniz Pepe
  • Leonardo Rafael Teixeira Cotrim Gomes UFBA
  • Amauri P. Oliveira
  • Jose Ricardo de Almeida França UFRJ

Palavras-chave:

Energia Solar, Balanço de Radiação, Monitoramento ambiental

Resumo

Para garantir a eficiência dos dispositivos de energia solar é imprescindível determinar o comportamento da radiação incidente em superfícies inclinadas, sendo necessário o conhecimento dos componentes de radiação solar global e difusa incidentes em uma superfície horizontal. O objetivo principal deste trabalho é caracterizar a evolução mensal e horária das componentes do balanço de radiação de onda curta na cidade de Salvador-Ba. As medidas coletadas pela Plataforma de Monitoramento Ambiental do Laboratório de Micrometeorologia e Modelagem, após um robusto controle de qualidade, apresentam um ciclo diurno bem definido e com amplitudes de radiação global de 30 MJm^-2dia^-1 no verão, no inverno a radiação global decai em média 36%. A radiação difusa apresenta amplitudes máximas de 14 MJm^-2dia^-1 no mês de novembro, 54% da radiação global, indicando o notável potencial de energia disponível.

Downloads

Edição

Seção

Radiação Solar - Recursos Solares e Meteorologia da Radiação Solar