ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS CONECTADOS À REDE CONSIDERANDO A TARIFA BRANCA E AÇÕES DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PARA CONSUMIDORES RESIDENCIAIS UTILIZANDO HOMER PRO ENERGY

  • OLIVIO CARLOS NASCIMENTO SOUTO IFG
  • Sergio B. Silva IFG
  • Diogo Machado De Souza IFG
  • Ghunter Paulo Viajante IFG
  • José Flávio dos Santos Amaral IFGCâmpus Itumbiara
Palavras-chave: Aquecedor Solar, Análise Econômica, Sistema Fotovoltaico, Tarifação, HOMER PRO Energy

Resumo

Entre as tendências do mundo contemporâneo estão o crescimento da necessidade de suprimento energético e o aumento das preocupações ambientais. Dentre as vantagens do uso de energia associado à geração distribuída fotovoltaica estão a redução das emissões dos gases de efeito estufa, a redução de demanda por produção de energia, a redução ou substituição do investimento em produção, transmissão ou distribuição e o aumento da disponibilidade do suprimento energético. Se, por um lado, fontes renováveis de energia, como a solar, eólica e biomassa, apresentam menor impacto ambiental na produção de eletricidade, a inserção dessas fontes demanda investimentos, os quais devem ser cuidadosamente analisados, visando obter um melhor custo benefício da tecnologia implantada. Nesse contexto, pode-se pensar na importância das simulações computacionais que visam não só questões econômicas, mas também questões ambientais e elétricas. A fim de realizar uma análise técnica-econômica-ambiental, simulações foram realizadas utilizando a ferramenta computacional HOMER Pro Energy aplicado à consumidores residenciais, considerando o perfil de carga com o uso de sistema de aquecimento solar e sistema fotovoltaico conectado à rede com diferentes tipos de tarifação.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Aspectos técnicos de sistemas fotovoltaicos instalados