DISPOSITIVO PARA MEDIÇÃO DE RADIAÇÃO DIFUSA NA CIDADE DE SALVADOR

Autores

  • Leonardo Rafael Teixeira Cotrim Gomes UFBA
  • Edson Pereira Marques Filho UFBA
  • Iuri Muniz Pepe UFBA, IF, LaPO
  • Bruno Severino Mascarenhas UFBA
  • Amauri Pereira de Oliveira
  • Jose Ricardo de Almeida França UFRJ

Palavras-chave:

Energia Solar, Radiação difusa; Dispositivo de medição

Resumo

O nordeste Brasileiro (NEB) é a região com maior potencial solar do Brasil. O incentivo para instalação de sistemas fotovoltaicos no país e o aumento dos estudos relacionados à radiação solar para geração de energia elétrica tem crescido de maneira mais ativa nesta década. Estudos de eficiência de painéis solares são necessários para um melhor aproveitamento desse precioso recurso renovável. Para viabilizar os estudos de eficiência em painéis fotovoltaicos, se faz necessário ter em mãos os dados de radiação solar global (IG) de radiação difusa (IDIF). Estações automáticas de instituições governamentais, como o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) medem e disponibilizam apenas dados de IG. Para coleta de dados de radiação difusa, foi proposto neste artigo a construção de um dispositivo de medição, baseado fundamentalmente no anel de sombreamento. O dispositivo construído apresentou-se funcional e contribuiu para a coleta de dados de IDIF na cidade de Salvador. Uma breve análise de condição de céu foi realizada a partir dos dados teóricos de radiação no topo da atmosfera (IT) e dados coletados de IG e IDIF. As análises dos dados permitiram a classificação da condição do céu conforme índice de claridade (Kt).

Downloads

Edição

Seção

Radiação Solar - Instrumentação vinculada à medições meteorológicas