SIMULAÇÃO DE DUAS TECNOLOGIAS SOLARES EM COMPARAÇÃO À USINA FOTOVOLTAICA DE PIRAPORA-MG

Autores

  • Alexsander Pires Rezende UFSJ

Palavras-chave:

Energia Solar Heliotermica, Fotovoltaica, Irradiação solar.

Resumo

A energia solar desempenha um papel importante no futuro da produção elétrica. Tal processo renovável pode ser transformada sem emissão de poluente, na qual considera a radiação solar como “combustível” do processo, sendo convertido em energia elétrica por equipamentos fotovoltaicos (PV) ou energia heliotérmica (CSP). Este artigo compara estas dois métodos de geração elétrica, através de simulações, com o objetivo de definir qual delas seria mais apropriada na região da Pirapora-MG, onde opera uma usina fotovoltaica de 300MW. Analise serão feitas utilizando o software "System Advisor Model" (SAM). A tecnologia fotovoltaica foi estudada considerando o escopo do projeto real da usina de Pirapora desde fabricante das placas fotovoltaicas, potência nominal, e organização das placas no solo, com diferença de captação solar fixa e entre eixos. Para o cenário heliotérmico foi considerado mesma potência nominal, através da captação solar em calha parabólica, simulados com e sem tanques térmicos de armazenamento (TES). No total, 5 cenários foram analisados, a usina de Pirapora apresentou geração anual de 16,47% maior que fotovoltaica com eixo fixo e 9,2% maior que heliotermica sem TES, em contrapartida, o cenário PV com eixos moveis apresentou uma geração anual de 15,5% maior e heliotermica com TES 30,1% maior.

Downloads

Edição

Seção

Conversão Térmica com Concentradores - Equipamentos e sistemas de conversão heliotérmica para eletricidade