MODELOS PARA A TEMPERATURA DE OPERAÇÃO DE MÓDULOS FOTOVOLTAICOS: UMA REVISÃO DAS CORRELAÇÕES E VARIÁVEIS PERTINENTES

Autores

  • Leticia de Oliveira Santos UFC
  • PAULO C. M. CARVALHO UFC
  • Clodoaldo de Oliveira Carvalho Filho UFC

Palavras-chave:

Temperatura operacional da célula, Modelos térmicos FV, Correlações fotovoltaicas

Resumo

Uma revisão das contribuições relevantes dos modelos da temperatura de operação de dispositivos fotovoltaicos (FV) desenvolvidas nos últimos anos é apresentada no presente artigo. O objetivo é auxiliar pesquisadores e profissionais da área a escolher as variáveis significativas e o arranjo experimental mais adequado para compor um modelo acurado. É feita inicialmente uma breve descrição da temperatura de operação da célula/módulo FV e apresentada uma visão geral dos métodos para o cálculo da temperatura da célula. São destacadas as principais variáveis consideradas nos modelos analisados juntamente com os métodos mais acurados de obtenção de dados. Os fatores que apresentam maior influência na temperatura de operação e que aparecem no maior número de modelos são comentados: absortância solar, eficiência elétrica e transmitância da camada de vidro da célula/módulo FV; irradiância; temperatura ambiente; velocidade do vento. Também são discutidas formas de obtenção da temperatura operacional da célula/módulo FV - obtenção por meio de um módulo com sensor interno, estimativa baseada em parâmetros ambientais e obtenção por meio de modelos usando a temperatura da parte traseira do painel - para fins de validação do modelo.

Downloads

Edição

Seção

Conversão Fotovoltaica - Tecnologias e ensaios de módulos fotovoltaicos