VALIDAÇÃO DE DIFERENTES MODELOS DE POTÊNCIA APLICADOS A PREVISÃO DE DESEMPENHO DE GERADORES FOTOVOLTAICOS

Autores

  • Fabrício Menezes Mares UFPA
  • Wilson Negrão Macêdo GEDAE-UFPA

Palavras-chave:

Gerador Fotovoltaicos, Modelos de Desempenho, Análises estatísticas

Resumo

Prever o desempenho da geração tornou-se determinante para os processos de dimensionamento. O respectivo processo de previsão é realizado a partir de modelos matemáticos aplicados às condições específicas de operação. Entretanto, a literatura revela que há diversos modelos matemáticos para este fim, sinonimizados muitas vezes como modelos de desempenho, devido ao seu objetivo principal. Nesse contexto, este trabalho tem por principal finalidade validar alguns dos modelos matemáticos existentes na literatura e usados para simular (prever) o desempenho de geradores fotovoltaicos, com o intuito de avaliar comparativamente tais modelos, identificando suas vantagens, desvantagens e limitações. A seleção baseou-se no critério de considerar apenas modelos que utilizam os mesmos parâmetros ou que sejam adaptações de um modelo básico inicial, uma vez que análises comparativas, a partir de métricas estatísticas, foram realizadas. Assim, ao todo foram selecionados cinco modelos matemáticos, sendo um base (modelo do coeficiente de temperatura) e os demais adaptações feitas a partir dele. Como um dos principais resultados observou-se que cada modelo se comporta de maneira diferente à medida que a irradiância aumenta ou diminui. Entretanto, apesar de um dos modelos ter se destacado sob cada perspectiva de análise (descritiva e comparativa), eles não serão sempre os melhores quando aplicados à condições operacionais diferentes e/ou a módulos/geradores diferentes. Portanto, considerar uma perspectiva de relação de compromisso entre esforço e precisão é essencial para escolha de um modelo de desempenho, pois a complexidade para obtenção dos parâmetros podem inviabilizar seu uso.

Downloads

Edição

Seção

Conversão Fotovoltaica - Tecnologias e ensaios de módulos fotovoltaicos