AVALIAÇÃO DE UM ARRANJO FOTOVOLTAICO APÓS ONZE ANOS DE OPERAÇÃO

  • Fernando Schuck de Oliveira UFRGS
  • Lucas Della Méa Soares UFGRS
  • César Wilhelm Massen Prieb LABSOL-UFRGS
  • Arno Krenzinger UFRGS
Palavras-chave: Energia Solar Fotovoltaica, Degradação, Arranjo Fotovoltaico

Resumo

No presente trabalho é apresentada a avaliação de um arranjo fotovoltaico composto por 16 módulos interligados de modo a formar duas séries de oito módulos conectadas em paralelo. A potência nominal na condição padrão de teste (1.000 W/m² e 25 °C) é de 1.600 WP. O mesmo arranjo foi ensaiado no ano de 2006 e a curva I-V levantada nesta época foi usada para comparar com a curva determinada neste trabalho, em 2017. Os resultados indicam uma perda de, aproximadamente, 5 % na potência ao longo destes 11 anos. Além da análise dos parâmetros elétricos, foi realizada uma inspeção visual a fim de identificar as degradações ocorridas nos módulos. Foi possível observar que a totalidade dos módulos apresentou descoloração e boa parte apresentou delaminação.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Aspectos técnicos de sistemas fotovoltaicos instalados