ANÁLISE DA OPERAÇÃO DO SISTEMA DE GERAÇÃO FOTOVOLTAICO COM CONVERSOR DE ÚNICO ESTÁGIO CONECTADO À REDE ELÉTRICA TRIFÁSICA

Autores

  • Lucas Taylan Medeiros UFC
  • Paulo Robson Melo Costa UFC
  • Ângelo Marcílio Marques dos Santos UFC
  • Leonardo Pires de Sousa Silva UFC
  • Denisia de Vasconcelos Mota UFC
  • Adson Bezerra Moreira UFC

Palavras-chave:

Sistema Solar Fotovoltaico (FV), Topologia de Estágio Único, Qualidade de Energia.

Resumo

Esse artigo analisa o comportamento de um sistema fotovoltaico (FV) injetando potência na rede elétrica trifásica com filtro indutivo L. Sendo realizado através do conversor trifásico CC-CA. Foi realizada a obtenção dos parâmetros do modelo da célula FV, a partir da ferramenta Solar Module (physical model) /PSIM e implementado o algoritmo perturbe e observe (P&O) para realizar o rastreio do ponto de máxima potência, desconsiderando os fatores de sombreamento. Para esse sistema foi utilizada a topologia de único estágio e analisada as taxas de distorções harmônicas (TDH) para variação de temperatura e irradiação. O Matlab/Simulink foi utilizado para realizar as simulações e como resultados, tem-se os gráficos e tabelas comparativas que validam o modelo proposto da célula FV com erro de ±0,1%, além de análises da influência direta da temperatura e irradiação em função da potência máxima do sistema com um rendimento entre 97,2% e 99,8%. Finalmente, se analisou as TDHs sob diferentes condições e seus resultados indicaram está dentro dos critérios da norma IEEE-519, menores que 5%, e desempenho do algoritmo P&O que se mostrou eficaz em extrair a máxima potência do sistema.

Downloads

Edição

Seção

Conversão Fotovoltaica - Controle e monitoramento de sistemas fotovoltaicos