USINAS FOTOVOLTAICAS DO INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS – IFMG: Análise de geração e dos principais desafios relacionados à operação e manutenção dos sistemas

Autores

  • André Luis Crispim Costa CEFET-MG
  • Simone Queiroz da Silveira Hirashima CEFET-MG
  • Reginaldo Vagner Ferreira IFMG

Palavras-chave:

Sistema Fotovoltaico Conectado à Rede, Análise de Geração, Operação e Manutenção (O&M)

Resumo

No Brasil, a necessidade de reduzir a dependência energética com relação ao potencial hídrico, o advento das tecnologias de geração a partir de energias renováveis e as políticas e regulamentações voltadas à geração distribuída têm contribuído para uma expressiva expansão do use de sistemas fotovoltaicos conectados à rede. O Instituto Federal de Minas Gerais – IFMG, acompanhando esta tendência, adquiriu em 2016 usinas fotovoltaicas para oito de seus campi, com potência de 25 a 28 kWp. As usinas foram instaladas em cidades com diferentes características, seja do ponto de vista da radiação solar média, da temperatura do ar média, ou de aspectos que contribuem para variação das condições de sujidade dos módulos. Os desafios de instalação e manutenção também podem ser observados e apresentam variações entre os campi em função das diferentes características prediais e topográficas. O presente trabalho consiste em um estudo de avaliação dos três primeiros anos de geração das usinas fotovoltaicas do IFMG, procurando evidenciar as principais dificuldades enfrentadas ao longo deste período, que tenham provocado desde a perda de eficiência de geração até o desligamento intempestivo de alguma das usinas. A metodologia utilizada para análise de geração e falhas dos sistemas contempla a coleta de informações, por meio do link de monitoramento remoto Sunny Portal, aplicação de questionários e visitas em campo, além de tratamento dos dados. Os resultados deste trabalho evidenciam as variações entre a energia gerada e a expectativa de geração, além de registrar um histórico de falhas e manutenções realizadas nas usinas. Estas informações permitirão avançar na criação de um método de operação e manutenção a ser implantado pela instituição, focado na definição de critérios para ações preventivas e redução dos tempos de identificação de defeitos e reparação, permitindo assim o alcance de uma melhor eficiência de geração.

Downloads

Edição

Seção

Conversão Fotovoltaica - Controle e monitoramento de sistemas fotovoltaicos