AVALIAÇÃO EXPERIMENTAL DE DIFERENTES MODELOS APLICADOS NA PREVISÃO DE DESEMPENHO DE GERADORES FOTOVOLTAICOS

  • Fabrício Menezes Mares UFPA
  • MARINALDO SANTOS RODRIGUES ufpa
  • João Tavares Pinho UFPA
  • Wilson Negrão Macêdo GEDAE-UFPA
Palavras-chave: Avaliação Comparativa, Modelos, Energia Solar Fotovoltaica

Resumo

Existe uma série de explicações para a crescente utilização da energia solar fotovoltaica, sendo uma delas a progressiva redução dos preços de aquisição e instalação dos sistemas ao longo dos anos, tornando-se assim viável a sua utilização, mesmo para consumidores residenciais. Nesse contexto, esse tipo de aproveitamento de energia vem tornando-se cada vez mais comum, o que leva à necessidade de otimização dos sistemas, a fim de garantir uma conversão eficiente da energia solar captada. Logo, este trabalho aplica três modelos matemáticos existentes na literatura para prever o desempenho de geradores fotovoltaicos, visando realizar uma análise comparativa dos modelos, identificando suas vantagens, desvantagens e limitações. Os modelos selecionados estimam a máxima potência (Pmp) de módulos de dois sistemas instalados na área de testes do Grupo de Estudos e Desenvolvimento de Alternativas Energéticas (GEDAE) na Universidade Federal do Pará. A avaliação dos modelos foi realizada através de duas linhas de análises: a chamada tradicional e a comparativa. A metodologia tradicional permitiu identificar o modelo mais consistente em relação ao seu próprio conjunto de estimativas obtidas, ao passo que o método de avaliação comparativa indicou que para diferentes intervalos de irradiância há um modelo mais indicado, quando comparado com os valores mensurados dos sistemas monitorados.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Aspectos técnicos de sistemas fotovoltaicos instalados