Simulação de integração de filme fotovoltaico orgânico a elementos de sombreamento de fachadas de edificações

Autores

  • Anna Carolina Peres Suzano e Silva PUC-Rio
  • Rodrigo Flora Calili
  • Daniel Ramos Louzada PUC Rio

Palavras-chave:

Elementos de sobreamento, Energia solar, OPV

Resumo

O objetivo deste trabalho é simular diversos modelos de elementos de sombreamento de fachadas com a integração de filmes FV orgânicos (OPV), possibilitando a expansão da utilização desta tecnologia de geração de energia solar. A partir da identificação de uma lacuna na literatura relacionada à OPV integrado a elementos de sombreamento em fachadas, buscou-se o desenvolvimento de elementos de sombreamento mais eficientes que além de evitar a incidência solar direta na fachada pudessem também gerar energia elétrica. Assim, foram unidas duas estratégias para alcançar uma maior eficiência energética do sistema e um maior conforto ambiental. No total foram projetados 25 modelos inspirados em aplicações de outras tecnologias fotovoltaicas em elementos de sombreamento e se obteve um modelo mais adequado para cada cenário proposto: o primeiro sendo o cenário ideal e desconsiderando limitações de dimensões do OPV; e o segundo respeitando os limites técnicos de OPV existentes atualmente no mercado nacional. Para simular este sistema utilizaram-se os programas de computador Rhinoceros em conjunto com os plug-ins Grasshopper e Ladybug, para o cálculo da incidência solar na superfície dos elementos de sombreamento visando à redução das áreas ociosas nos painéis FV. Como resultado, a geração energética obtida variou entre 17,88 - 35,70 kWh devido à eficiência do material disponível no mercado nacional.

Downloads

Edição

Seção

Arquitetura e Energia Solar - Aspectos arquitetônicos do uso de instalações fotovoltaicas