AUMENTO DA CAPACIDADE OPERATIVA DE LINHAS DE TRANSMISSÃO APLICADA A GERAÇÃO EÓLICA NO NORDESTE BRASILEIRO

Autores

  • Deivid SOUZA MARINS ufc
  • Fernando Luiz Marcelo Antunes UFC

Palavras-chave:

Energia Eólica, Linhas de Transmissão, Ampacidade

Resumo

O potencial eólico do Nordeste torna a região um atrativo para construção de empreendimentos de geração eólicos e, consequentemente, traz a necessidade de investimentos em novas Linhas de Transmissão que atendam essa alta na demanda de geração. Este artigo apresenta o estudo de caso do aumento da capacidade de operação de uma linha de transmissão em 230 kV no estado do Pernambuco, responsável pelo escoamento de geração de um parque eólico, sob diferentes velocidades de vento. O estudo analisa o impacto das variações de velocidade do vento na ampacidade das linhas de transmissão aéreas. São realizadas análises do atlas eólico do estado do Pernambuco e informações da base de dados do Instituto Nacional de Meteorologia. Os resultados demonstraram que a elevação na velocidade do vento em até 4,0 m/s traz um aumento da capacidade instalada no parque eólico, com ganhos aproximados de 70% de geração.

Downloads

Edição

Seção

Outras fontes renováveis de energia - Simulação, análise, equipamentos e sistemas de conversão eólica para eletricidade