DESEMPENHO E EFICIÊNCIA DE UM FREIO DE CORRENTES PARASITAS PARA AEROGERADORES

Autores

  • João Vitor da Silveira Nunes UFC
  • Felipe Cavalcante Capibaribe UFC
  • Andre Valente Bueno UFC

Palavras-chave:

Energia Eólica, Aerogeradores, Freios

Resumo

O setor de energia eólica vem crescendo bastante nos últimos anos, com destaque para o potencial eólico da região nordeste. Esse setor se utiliza de uma alta tecnologia, dentre elas o subsistema de freio. Atualmente a maioria dos sistemas de baixa potência utiliza freios mecânicos ou resistores elétricos de dissipação, os quais possuem várias desvantagens. Este trabalho busca apresentar o desenvolvimento e projeto de um freio de correntes parasitas para aerogeradores. O projeto utilizou um freio de correntes parasitas do tipo tambor, com uma corrente de alimentação de 2A, produzindo um torque de 80N.m, com uma potência de frenagem de 10 kW. Foram produzidas as curvas de desempenho para o freio para diferentes correntes de alimentação, e foi realizada a validação da sua estrutura do freio. Desse modo, o projeto apresentou características semelhantes aos freios mecânicos utilizados atualmente, além de apresentar várias vantagens em relação a estes, como menor manutenção e maior controlabilidade.

Downloads

Edição

Seção

Outras fontes renováveis de energia - Simulação, análise, equipamentos e sistemas de conversão eólica para eletricidade