GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA A PARTIR DO GERADOR SÍNCRONO DE IMÃ PERMANENTE CONECTADO À REDE ELÉTRICA

Autores

  • Leonardo Pires de Sousa Silva UFC
  • Levy Rodrigues Cavalcante UFC
  • Denisia de Vasconcelos Mota UFC
  • Lucas Taylan Medeiros UFC
  • Adson Bezerra Moreira UFC
  • Vanessa Siqueira de Castro Teixeira UFC Sobral

Palavras-chave:

CLR, GSIP, Energia Eólica.

Resumo

Este artigo analisa o comportamento de um sistema de energia eólica quando submetido à variação de potência produzida na geração. A conexão de sistemas de geração distribuída à rede elétrica impõe desafios no controle da potência gerada, visto que toda demanda da carga deve ser suprida integralmente. Nesse sentido, é proposto o controle de potência em um sistema de geração de energia eólica com uso de um gerador síncrono de ímã permanente (GSIP) de velocidade variável. As potências ativa e reativa são controladas no conversor do lado do gerador (CLG) pela orientação do fluxo rotórico no eixo-d. No conversor do lado da rede (CLR), a potência injetada na rede é controlada pelo sincronismo entre a tensão da rede e a corrente produzida no CLR. A estrutura do sistema consiste em um GSIP com capacidade nominal de geração de 12 kW conectado através de um conversor CA/CC a um elo CC que, por sua vez, é conectado à rede por um conversor CC/CA. Neste esquema, o CLR é usado para controlar a tensão do elo CC e das correntes entregues ao ponto de acoplamento comum (PAC). Os resultados de simulações permitem inferir que a técnica empregada no controle de potências do sistema analisado mostrou-se satisfatório para a geração de energia eólica entregue à rede elétrica.

Downloads

Edição

Seção

Outras fontes renováveis de energia - Simulação, análise, equipamentos e sistemas de conversão eólica para eletricidade