OTIMIZAÇÃO DE ATIVIDADES CRÍTICAS DE PARQUES EÓLICOS: REDUÇÃO DE CUSTOS ATRAVÉS DE MODELAGEM DE LOGÍSTICA, PAVIMENTAÇÃO, CONCRETAGEM E MANUTENÇÃO

Autores

  • Bruno Bezerra Bluhm TUM
  • Carla Freitas de Andrade UFC
  • Paulo Alexandre Costa Rocha UFC

Palavras-chave:

Energia Eólica, Engenharia Civil, Otimização

Resumo

Com o objetivo de redução de custos em projetos de implantação de parques eólicos, este artigo apresenta a concepção e a utilização de iniciativas de otimização de obras civis, pela criação de modelos específicos das atividades críticas. A temática é particularmente relevante tendo em vista o avanço da energia eólico na matriz brasileira e também os históricos baixos índices de produtividade do setor de construção. Os modelos desenvolvidos foram aplicados em 6 complexos eólicos brasileiros recém-construídos, com capacidade instalada de mais de 1,4GW. Foram modeladas as atividades de: projeto geométrico de layout; pavimentação de acessos e plataformas; concretagem da base; e política de manutenção de equipamentos pesados. Essas atividades foram identificadas como críticas a partir de um estudo descritivo da estrutura analítica de projeto. Já nos testes de validação dos modelos foram obtidos ganhos financeiros, como: redução de 53 mil km em deslocamentos de caminhões betoneira em uma única obra; modelo de simulação de eventos discretos para balanceamento de atividades de pavimentação; economias de 25% no transporte de concreto; e criação de política ótima de investimentos em manutenção para diferentes geografias. A continuação da execução das iniciativas presentes neste trabalho tem potencial de aumentar ainda mais a viabilidade técnico-financeira do setor eólico como alternativa energética sustentável para o país.

Downloads

Edição

Seção

Outras fontes renováveis de energia - Simulação, análise, equipamentos e sistemas de conversão eólica para eletricidade