VIABILIDADE DE INSTALAÇÃO DE TURBINAS EÓLICAS DE PEQUENO PORTE EM AMBIENTE URBANO: VALIDAÇÃO DE DADOS METEOROLÓGICOS

Autores

  • Leidylâine Cardoso das Neves IFES
  • Matheus Silva Aguiar IFES
  • Arthur Monteiro Filho IFES
  • Elias Rocha Gonçalves Júnior IFES
  • Ramon Silva Martins Ifes

Palavras-chave:

Energia Eólica, Distribuição de Weibull, Validação de dados

Resumo

Este artigo apresenta um método de validação dos dados de recursos eólicos e uma estimativa anual do potencial eólico da cidade de Vitória – ES. Tem por objetivo principal a análise de confiabilidade dos dados de velocidade e direção dos ventos, para o estudo da viabilidade de instalação de turbinas eólicas de pequeno porte em ambiente urbano. Os dados utilizados foram fornecidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), para uma altitude de 9m, e os critérios para a validação dos dados foram baseados no livro Wind Resource Assessment Handbook: Fundamentals for Conducting a Successful Monitoring Program, em que os dados caracterizados como “fisicamente possíveis” recebem o dígito 9, e os dados caracterizados como “extremamente raros ou suspeitos” recebem o dígito 2. O presente artigo utiliza a distribuição de probabilidade de Weibull, para a análise da velocidade dos ventos, e a rosa dos ventos para verificação da melhor direção para onde a turbina ficará direcionada. A validação visa diminuir erros que podem estar presentes nos dados fornecidos, e será utilizado como um parâmetro de verificação dos dados que não possuem algum tratamento.

Downloads

Edição

Seção

Outras fontes renováveis de energia - Simulação, análise, equipamentos e sistemas de conversão eólica para eletricidade