COMPARAÇÃO EXPERIMENTAL DE ESTRATÉGIAS PARA REDUÇÃO DA TEMPERATURA DE OPERAÇÃO DE MÓDULOS FOTOVOLTAICOS

  • Luan Guanais Macrino dos Santos Unicamp
  • Lucas Silva Teixeira Solstício
  • Bruno Wilmer Fontes Lima Solstício Energia
  • Gilberto De Martino Jannuzzi UNICAMP
  • Talles Viana Vargas UNICAMP
Palavras-chave: Experimento, Módulo Fotovoltaico, Resfriamento

Resumo

Este trabalho apresenta resultados da verificação experimental de duas estratégias de resfriamento de módulos fotovoltaicos: aletas planas (resfriamento passivo) e canais com ventilação forçada (resfriamento ativo). Tais tecnologias foram selecionadas a partir de um estudo baseado em modelagem matemática e simulação computacional. São detalhados os procedimentos de montagem do sistema experimental, bem como os materiais e métodos empregados para a aquisição dos dados de temperatura superficial e potência elétrica dos módulos, temperatura ambiente e irradiância solar. Verifica-se que as temperaturas de operação dos módulos são reduzidas mediante o uso de aletas planas, atingindo valores ainda menores quando se lança mão de canais com ventilação forçada. Contudo, os módulos resfriados apresentam menores montantes líquidos de eletricidade produzida em relação ao módulo de referência, tendo o resfriamento ativo o pior desempenho global.
Edição
Seção
Conversão Fotovoltaica - Aspectos técnicos de sistemas fotovoltaicos instalados